Consultores imobiliários: como comunicar com millennials

Consultores imobiliários: como devem comunicar com os millennials?

O imobiliário é uma área de negócio habituada a mudanças, a desafios constantes que põem à prova os profissionais. Quem se adapta, sobrevive. Quem não o faz, tem dificuldade.

O mais recente desafio passa por aprender como vender imóveis aos millennials.  Um público-alvo que parece, agora, após a crise económica, mais predisposto a comprar casa.

No entanto, os millennials são uma geração muito particular. São a primeira a ser considerada “nativa” do digital. As necessidades pessoais são diferentes e as exigências são outras. Por isso, há que saber comunicar para lhes captar a atenção.

Antes de mais, é preciso perceber quem são os millennials?

A geração Y ou millennial, e composta pelos indivíduos nascidos entre 1980 e 1996. É uma geração que cresceu a par com a tecnologia. Faz uso dela para praticamente tudo.

Ao contrário da geração anterior (dos nascidos entre (1965 e 1979), os millennials priorizam a experiência, em detrimento da posse. Endividar-se para conseguir comprar casa ou carro, é uma ideia que não lhes agrada muito. A última crise financeira teve um grande impacto neles (especialmente a nível de empregabilidade) e são, por isso, mais cautelosos.

É por esta atitude, que dá menos importância ao “ter”, que empresas como a Airbn e a Uber têm sucesso. Não vendem nada. Fomentam a partilha e propiciam experiências.

O que podem fazer os consultores imobiliários para comunicar com os millennials?

1 – Seja autêntico

Quer esteja a comunicar frente-a-frente, quer online. Não pense que uma boa retórica irá convencer.

A idade é só um número. Não é por ser mais velho e ter mais experiência que vai, automaticamente, ganhar a confiança do cliente. Tem que criar uma conexão- E isso, só é possível se for autêntico.

Antes de falar com alguém, neste caso um consultor imobiliário, o millennial já fez uma pesquisa sobre tudo: o imóvel, a agência e o agente. Não parte para uma ação sem qualquer conhecimento. Antes pelo contrário.

Ser um pouco mais pessoal e não somente profissional, irá ajudá-lo. Procure entender as preocupações  do cliente e mostrar que o ajudará em todos os passos na compra de uma casa.

Tenha sempre em mente que os millennials são mais suscetíveis às opiniões de amigos e familiares. Se agradar a um cliente, é provável que ele o recomende.

2 – Seja rápido

Os millennials são impacientes no que toca à informação. Tudo tem que ser rápido. Caso contrário, seguem em frente.

Uma resposta, a um email ou mensagem no facebook, de um dia para outro pode parecer-lhe rápido. Mas nesse período de tempo, o potencial cliente já enviou mensagem para mais 4 ou 5 agentes imobiliários. O primeiro a responder terá oportunidade de fazer negócio.

Uma vez que a geração Y faz bastante pesquisa online, certifique-se que o seu website é rápido e responsivo.  Se for lento, e ilegível no telemóvel, estará a perder potenciais clientes. Ninguém fará o esforço para ler letras pequenas.

3 – Dê importância à qualidade do conteúdo

Não chega dizer que a casa tem 3 quartos e duas casas de banho. Não é suficiente tirar duas fotografias de uma cozinha desarrumada.

Informação sobre o meio envolvente ao imóvel é tão, ou mais, importante que os dados da propriedade. Os millennials não querem apenas comprar uma casa. Querem um estilo de vida.

Ao dar estas informações também dará a impressão de que é uma pessoa experiente que conhece bem a área e que é a ideal para ajudar.

Não se esqueça de ter uma comunicação coerente. O tom de linguagem que usa nas várias plataformas deve ser o mesmo. Não deixe nenhuma rede social abandonada, por exemplo. Os millennials irão descobri-la e pensar que não se esforça.

4 – Seja o guia

Por muita informação que se possa conseguir online, ela não substitui o conhecimento prático dos consultores imobiliários. O seu papel deve ser o de guia. Ajude os jovens durante todo o processo de compra, As dúvidas serão muitas, principalmente para aqueles que nunca compraram uma casa. Torne o processo customizável para que a satisfação seja garantida.