Como funciona o Home Staging (Parte 2)

É essencial que o imóvel esteja o mais atrativo possível para os potenciais compradores. O agente imobiliário torna-se numa peça chave neste processo, por isso fornecemos algumas dicas essenciais sob as quais se pode guiar. 

.Ter em atenção aos móveis velhos, desatualizados ou em mau estado;

. Se existir muita cor (paredes, decorações e tapetes de demasiadas cores), irão causar distração durante a visita ao imóvel;

. Fazer reparações de tudo o que estiver danificado (torneiras, portas, janelas, etc.);

. Remover objetos como fotos de família, roupa nos armários, pilhas de jornais, etc. – o potencial comprador não pode ver a casa personificada, mas sim imaginar como seria viver nela;

. Não esquecer do aspeto exterior, porque este é o cartão-de-visita principal (jardim cuidado, tinta da casa em bom estado, portões a funcionar, etc.);

. Remover qualquer sinal de presença de animais domésticos (como brinquedos ou comida), tanto no interior como no exterior;

. E por último mas mais importante: limpeza! E a limpeza não significa apenas uma limpeza ligeira, mas sim uma limpeza a fundo na totalidade da casa (azulejos, paredes, janelas, armários, etc.).

A ideia-chave que será necessária transmitir aos proprietários, é de que a casa deixou de ser “a casa deles” e passou a ser um produto no mercado imobiliário. Por isso, é fulcral ter em conta todos estes aspetos para a venda do imóvel ser rápida e eficaz.

(Veja aqui a Parte 1 deste artigo.)

Last modified on Janeiro 26th, 2015 at 7:22 pm