“Test Drive” ao Imóvel

Uma tendência que tem vindo a ganhar popularidade no mercado imobiliário americano, é permite a um cliente, passar uma ou duas noites no imóvel, na esperança que este acabe por fazer uma oferta.

Imagine a situação, um cliente quer comprar uma casa, porém não tem a certeza se quer fazer uma oferta ao imóvel que acabou de visitar. Alguns mediadores estão dispostos a deixá-los passar uma ou duas noites no imóvel, para que o cliente possa sentir a confiança necessária para fazer a dita oferta. Ou seja, basicamente o cliente experimenta a casa antes de a comprar!

Este tipo de acordo, poderá dar a motivação necessária ao cliente, uma vez que poderá criar uma ligação emocional ao imóvel.

138490958

Por exemplo, tem um imóvel para venda, porém este até se encontra relativamente próximo a uma linha de comboio. Este último facto pode afastar um cliente, só pela ideia de que, durante a noite irá acordar com o barulho do comboio a passar nas linhas… Deixar o cliente passar uma ou duas noites no imóvel pode mostrar que afinal esta proximidade à linha de comboio não atrapalha a sua noite de sono. Assim ele afastou uma ideia errada que pressupôs.

Podemos pensar que esta é uma solução que só se aplica a um imóvel não habitado e mobilado…. Mas não é bem assim… Logicamente que um imóvel sem mobília pode fazer com que o cliente não crie uma ligação emocional ao imóvel por “não o ver como uma casa”, mas ao mesmo tempo  também poderá fazer com que ele imagine como poderá decorar cada espaço, cada pormenor… Caso o imóvel à venda esteja habitado, poderá tentar chegar a acordo com o proprietário para que este se ausente do imóvel por apenas uma noite… Pode ser essa noite que marca a diferença entre uma oferta e o impasse do negócio.

Passar algum tempo num imóvel antes de fazer uma oferta tem-se revelado uma estratégia cada vez mais popular, porém será que na sua opinião esta é uma situação possível de adaptar ao mercado imobiliário nacional?!

Os mediadores norte americanos, aconselham ainda a que se fale com o cliente sobre os prós e contras financeiros do imóvel e do bairro antes de oferecer um “test drive”. Uma vez que uma surpresa desagradável poderá não só afastar o cliente deste imóvel mas também de realizar um negócio com a sua empresa.

Last modified on Fevereiro 12th, 2015 at 17:31